Aventura – Parte 3

 

Daquela vez o beijo tinha ainda mais intensidade. Os braços de Prestonme envolviam, e suas mãos faziam movimentos lentos nas minhas costas, até uma delas segurar firme em minha cintura e a outra subir até minha nuca. Ele inclinava devagar o corpo para frente, fazendo eu me render deixando meu peso cair em seus fortes braços, e deixando meus lábios beijarem rapidamente sua boca. Aquele era só mais um beijo que tinha duração de segundos, talvez minutos, mas eu queria poder ficar o beijando por muito mais tempo. Logo depois, ele me olhou e sorriu, e eu fiquei paralisada admirando-o. Preston era encantador por dentro e por fora. Era todo certinho, mas tinha um certo estilo próprio que chamava atenção. Ele era simplesmente perfeito. Nessa hora até senti um medo meio bobo de aquilo tudo ser um sonho. De eu de repente acordar na minha cama, com a televisão ligada, a casa bagunçada, um prato com pizza gelada na cabeceira, e a minha vida blasé voltar.

– Ei – Preston tirou daqueles pensamentos distantes – Por que tá me olhando tanto? Gostou leva pra casa.

Eu dei uma alta gargalhada. Se aquilo fosse mesmo um sonho eu agradeci por ainda não ter acordado, toda aquela aventura era mesmo alucinante.

– Te levar pra casa – fiz um charminho – isso é um convite?

Ele deu um sorriso torto.

– Estarei livre depois da balada, baby – ele deu uma piscadela e riu alto – e aí? Vamos entrar ou não?

Peguei a mão dele e o puxei pela calçada, andando animada em direção a discoteca. Abrimos as portas de vidro e a escuridão seguida por luzes intensas e coloridas dos globos nos envolveram. Aquele lugar era realmente incrível. Era um ambiente aconchegante, com vários pufes espalhados nos cantos, várias mesinhas, bares e uma enorme pista de dança no meio. Era também um lugar animador. Todos se animavam só de ver como a batida daquelas músicas faziam as pessoas se soltarem. Se soltarem dos seus problemas, se soltarem das suas vidas-sem-graça, se soltarem do mundo e dançarem até seus pés encherem de bolhas. Eu já ia puxando Preston até a pista de dança, quando ele disse:

– Calma aí, aventureira! – Preston falou – Vamos pegar uma bebida.

Eu concordei e saímos em direção ao bar. Ele tinha um balcão de madeira escura e reluzente. As prateleiras aonde estavam os ingredientes e as garrafas de diversas bebidas, tinham enfeites de neon coloridos, iluminando o local de um jeito despojado.

– Olá, meu nome é Mandy! – a linda bartender disse alegremente se apresentando à Preston e depois se virando para mim – Ah! Olá Nick! O que vão querer essa noite?

E então a música “Tik Tok” da Ke$ha começou a tocar, e eu não poderia perder aquela chance de dançar minha música favorita. Me virei em direção a pista de dança falando para Preston pegar qualquer bebida para mim e ouvi Mandy dizer “Essa Nick… não perde a oportunidade de uma boa dança. “Arrasa, garota!”, Preston deu risada e assentiu dizendo que ele pegava as bebidas, eu sorri para eles e fui em direção a pista. Eu simplesmente adorava ouvir aquela música. E adorava mais ainda poder dançá-la. Comecei a dançar sem me importar se as pessoas me achariam estranha por eu estar dançando ali sozinha, eu só queria aproveitar aquela aventura que estava me parecendo boa de mais para ser verdade. O refrão da música tinha chegado, quando ele estendeu um braço em volta de mim segurando uma taça com Martini, minha bebida favorita.

– Como você sabia que esse era o meu favorito? A Mandy te contou? – eu peguei o copo de sua mão e deixei que seus braços me apertassem minhas costas contra seu peitoral.

– Nicole – aquele não era a voz de Preston – eu sei que já faz muito tempo, mas eu ainda me lembro de todos os seus gostos.

Eu me soltei dos braços dele e quando me virei vi que aquele era meu ex.

– Jhon! – eu disse exasperada – O que faz aqui?

– O mesmo que você, boneca – ele respondeu de um jeito malicioso – vamos continuar a dançar, você estava ótima.

– Não! Eu não quero dançar com você, eu estou acompanhada! – tentei me afastar.

– Está é? – ele me olhou com desdém – eu não estou vendo ninguém aqui com você! Pare de mentir e venha dançar.

Jhon não ligava para todos os “Não, não e não” que eu falava, e não adiantaria nada se eu gritasse, o som era alto demais, ninguém sequer me notaria. Ele me puxava pelos braços à força, fazendo o Martini balançar em minha mão, respingando em minha blusa. 

– Você está me machucando! Me solta, me solta, seu covarde – eu gritava.

– Tá se fazendo de difícil, hein Nick? – ele apertou meus braços – acho que vou ter que te beijar para calar a sua boquinha… – e foi se aproximando de mim.

– O que está acontecendo aqui? – dessa vez era a voz de Preston – Nick, quem é esse cara?

– O namorado dela, e você é quem? O super-herói? – Jhon falou.

– Mentira, Preston – eu disse chorando – ele é meu ex e estava me agarrando à for…

E Jhon me deu um empurrão me fazendo cair no chão. Subitamente Preston deu-lhe um soco no olho direito, e ele logo se virou revidando um em sua boca. Imediatamente a música parou, as luzes se acenderam e eu vi todos os rostos virados para mim e para Preston e Jhon, que continuavam a se agredirem. Logo, todos os seguranças do local chegaram para apartar a briga, perguntando o que tinha acontecido e em seguida levando Jhon para a delegacia. Aquela discoteca antes tão aconchegante pra mim, se transformou no cenário de um pesadelo.

– Você está bem? – Preston perguntou enxugando minhas lágrimas.

– Sua boca – eu não dei atenção à sua pergunta – está sangrando. Temos que dar um jeito nisso.

– Isso não importa agora, o que importa é saber se você está bem. – ele disse balançando a cabeça e em seguida me abraçando –Vamos embora, Nick.

– Vamos – eu concordei – chega de aventuras por hoje.

– Quer ir dormir lá em casa? – ele convidou – Não quero te deixar sozinha.

Eu sorri, fiz que sim com a cabeça e o beijei de leve.

– Ai! – ele reclamou apontando para a boca – Acho que preciso de uma enfermeira.

Nós rimos e saímos em direção a sua moto vermelha.

Fonte SONHOS-DE-CABECEIRA
Créditos ao INTERNATIONAL OBSESSION
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s